IMPRENSA
21 de dezembro de 2017 - 16h24

A- A A+

Sucor propõe medidas para aprimorar processos do Sistema Fiero

O Sistema Fiero (Sesi/Senai/IEL) formou, na última sexta-feira (17), um grupo de trabalho para analisar, avaliar e debater as práticas atuais quanto aos métodos utilizados nas compras e contratações de serviços institucional. A ideia é discutir de que forma estes processos podem ser melhorados. A formação do grupo de trabalho foi uma iniciativa do Presidente da Fiero, Marcelo Thomé e do superintendente corporativo, Paulo César de Figueiredo.

Integram o grupo de trabalho os colaboradores José Carlos, Fátima Olival, Kelly C. Moura, Mileisi Fernandes, Maria Lucia, Jefferson Luis, Liliane Mendes, Tony Eduardo, Antônio Rodrigues, Anderson Souza e Adislei da Silva, que ficaram responsáveis por aplicar o treinamento.

Depois de formado, o grupo de trabalho, iniciou as ações de orientação para os colaboradores que trabalham diretamente com os procedimentos de compras e contratação de serviços. “Realizamos aulas presenciais para os funcionários da capital e vídeo-aulas para as unidades do interior. Nossa proposta é conscientizar

Participaram da qualificação os Colaboradores do SESI, SENAI, IEL e FIERO que trabalham diretamente com os procedimentos de compras e contratações de serviços, obras e serviços de engenharia, sendo que na Capital as aulas foram presenciais e para as Unidades do Interior através de vídeo-aulas. Temos que obedecer a uma hierarquia de processos internos, por isso é essencial fazer este alinhamento de ações com os colaboradores para dar mais celeridade as contratações para o Sistema Fiero”, pontuou o superintendente da Sucor, Paulo César.

Durante o treinamento foram abordados os seguintes temas: orientação sobre o novo Procedimento de Compras e Contratações de Serviços (SUCOR-PRO-0014), elaborado pelo Grupo de Trabalho; conscientização sobre a importância de planejar, com a devida antecedência, as necessidades de compras e contratações de serviços; importância da nomeação de gestores de nível estadual para definir as necessidades, quantidades e especificações dos bens e serviços; obrigatoriedade de cumprimento dos prazos estabelecidos pelos diversos setores, conforme previsto no procedimento de compras; apresentação e orientação sobre os modelos padronizados de Termos de Referência a serem utilizados no âmbito do Sistema FIERO;  orientação sobre dispensas e inexigibilidades de licitação; orientação sobre administração de materiais, entre outros.

Assessoria de Comunicação do Sistema Fiero


Mais notícias

Bioeconomia é uma das agendas prioritárias da biodiversidade brasileira, diz Marcelo Thomé

Mais da metade da indústria está com dificuldade para atender sua demanda, afirma CNI

Indústria pode ser protagonista da bioeconomia no Brasil, diz presidente da CNI

Pavimentação asfáltica garante qualidade e segurança à comunidade escolar do SESI-SENAI-IEL de Cacoal