IMPRENSA
08 de agosto de 2019 - 09h43

A- A A+

CNI e Sebrae realizam evento para apresentar 30 casos de sucesso em inovação


 

Encontro marcado para 13 de agosto no MASP terá seminário com debate entre representantes das empresas que apresentarão casos bem-sucedidas da indústria, e lançamento da publicação com essas iniciativas

 

Trinta experiências de empresas que resultaram em inovações serão apresentadas no dia 13 de agosto, no Museu de Arte de São Paulo (MASP), durante o seminário Casos de inovação da indústria, ocasião em que será lançado o livro “Inovar é desenvolver a indústria do futuro: 30 casos de inovação em pequenas, médias e grandes empresas”. Em comum, essas indústrias acumulam iniciativas bem-sucedidas que garantiram resultados de impacto.

 

O evento será realizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), entidades responsáveis por selecionar os casos de sucesso. Doze estados estão representados entre os 30 casos: São Paulo (12 casos), Rio Grande do Sul (4), Alagoas (2), Bahia (2), Mato Grosso do Sul (2), Santa Catarina (2), Amazonas (1), Ceará (1), Goiás (1), Minas Gerais (1), Paraná (1) e Rio de Janeiro (1).

 

A maioria das empresas selecionadas integra a indústria da manufatura, mas há também segmentos como a construção civil, setor elétrico, tecnologia da informação, farmacêutico, entre outros. CNI e Sebrae consideram a inovação um requisito necessário para o desenvolvimento do país, bem como para o revigoramento da indústria nacional, a saúde financeira das empresas, a criação de empregos de qualidade e a inserção do país na economia global. A primeira edição da publicação dos casos de inovação ocorreu em 2013, momento em que as empresas que participam da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI) reforçaram a importância de disseminar experiências inspiradoras.

 

“O conhecimento de casos emblemáticos de inovação, adaptados à realidade de cada empresa e a seus desafios por meios próprios, pode servir de inspiração para traçar novas estratégias com foco nos resultados”, destaca o texto de apresentação do livro assinado pelos presidentes da CNI, Robson Braga de Andrade, e do Sebrae, Carlos Melles.

 

A diretora de inovação da CNI, Gianna Sagazio, ressalta que a inovação deve estar no DNA de cada empresa e ser inerente à estratégia de crescimento. “Mais inovação e produtividade significam menos custos, mais qualidade e previsibilidade nos negócios. É possível melhorar processos e a cultura organizacional com medidas simples e de baixo custo”, afirma Gianna.

 

Para o diretor do Sebrae, Bruno Quick, a publicação ajuda a desmitificar a inovação e a ideia de que é negócio à parte e distante da realidade da micro e pequena empresa. “As empresas convivem com inovação todos os dias e o Sebrae atua há 47 anos para que os pequenos negócios se valham da inovação para, de fato, terem maior produtividade e serem mais competitivas no mercado, agregando cada vez mais valor ao seu negócio e aos clientes. Assim, o que é mais importante nesse trabalho é trazer a inovação para o cotidiano das empresas de maneira muito prática, nos processos produtivos e na questão dos formatos de negócio”, destacou.

 

O seminário Casos de Inovação da Indústria será dividido em cinco painéis temáticos, que terão a participação de representantes dos casos de inovação que integrarão o livro.

 

 


Mais notícias

73 por cento das empresas do Procompi inovam e passam a oferecer novos produtos ou serviços

Profissões ligadas à tecnologia terão alto crescimento até 2023, aponta SENAI

Indicadores da CNI mostram estagnação da atividade industrial

SESI e SENAI são os que mais contribuem para a formação do trabalhador, mostra pesquisa com 4 mil empresários