Usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação em nosso site. Ao navegar, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Aviso de Privacidade e nossa Política de Privacidade. Se você concorda, clique em ACEITO.

IMPRENSA
28 de September de 2022 - 12h10

A- A A+

SENAI CETEM promove atividade alusiva ao “Setembro Amarelo”

Com o objetivo de promover a conscientização sobre o tema, a unidade SENAI CETEM, de Porto Velho, realizou roda de conversa para alunos do curso Técnico em Eletrotécnica. Sob a coordenação da pedagoga Kamila Andreza da Silva juntamente com o instrutor da área da Gestão, Giosseppe Garibalde, o evento aconteceu nesta terça-feira, 27, no auditório da escola.

A atividade alusiva à campanha “Setembro Amarelo” contou com a participação da instrutora Rosineide Heizen Helmann e da psicóloga Karina Rodrigues de Castro, que focaram na conscientização e prevenção do suicídio.

O suicídio é um problema de saúde pública, com impactos na sociedade como um todo, uma ocorrência complexa, influenciada por fatores psicológicos, biológicos, sociais e culturais, alertou a psicóloga. Conforme dados divulgados pelo Ministério da Saúde e a Organização Mundial de Saúde (OMS), mais de 700 mil pessoas morrem por ano devido ao suicídio, o que representa uma a cada 100 mortes registradas.

“Entre os jovens de 15 a 29 anos, o suicídio foi a quarta causa e morte depois de acidentes no trânsito, tuberculose e violência interpessoal. “Trata-se de um fenômeno complexo, que pode afetar indivíduos de diferentes origens, sexos, culturas, classes sociais e idades”, disse.

A pedagoga Kamila Andreza da Silva, da unidade SENAI CETEM ressaltou que “é de suma importância conscientizar os alunos sobre o diálogo como forma de incentivo aos cuidados com a saúde mental, a empatia com o próximo.  É dentro do espaço da escola que o aluno encontra uma maior segurança e oportunidade de falar sobre o tema”, afirmou.

Já o gerente da unidade, Cleber Santos, lembrou que “devemos atuar ativamente na conscientização da importância que a vida tem e ajudar na prevenção do suicídio, tema que ainda é visto como tabu. É importante falar sobre o assunto para que as pessoas que estejam passando por momentos difíceis e de crise busquem ajuda e entendam que a vida sempre vai ser a melhor escolha”, explicou.


Mais notícias

SENAI-RO disponibiliza cursos gratuitos para a comunidade

FIERO e SENAI RO apoiam realização do Circuito dos Instaladores em Porto Velho

Departamento Regional de Rondônia tem três projetos classificados para a etapa nacional do Inova SENAI 2022

Departamento Regional de Rondônia participa de evento Rede de Mentoria Digital realizado pelo SENAI-SC