IMPRENSA
30 de setembro de 2018 - 21h18

A- A A+

Sesi Ariquemes ministra palestras preventivas como parte da campanha Setembro Amarelo

A equipe do Sesi-Senai Ariquemes está mobilizada para divulgar a campanha Setembro Amarelo entre os trabalhadores das indústrias locais, através de palestras de conscientização e ações educativas sobre prevenção de suicídio. O Setembro Amarelo tem o objetivo de impedir o aumento do índice de suicídio no Brasil.

Segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU), mais de 800 mil pessoas morrem por suicídio a cada ano. Desse número, aproximadamente 65 mil casos acontecem anualmente em todo o continente americano. No Brasil, de acordo com a cartilha do Ministério da Saúde, mais de 11 mil pessoas tiram a própria vida por ano.

Segundo a enfermeira Elaine Frétola, responsável pelas palestras, o suicídio é um fenômeno que ocorre em todas regiões do mundo. Estima-se que, anualmente mais de 800 mil pessoas morrem por suicídio e, a cada adulto que se suicida, pelo menos outros 20 atentam contra a própria vida. ”Dados da Organização Mundial de saúde (OMS) indicam que o suicídio representa 1,4% de todas as mortes em todo o mundo”, disse.

A Organização Pan-Americana da Saúde / Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) alerta que o suicídio é responsável por uma morte a cada 40 segundos no mundo e é a segunda principal causa de morte entre as pessoas de 15 a 29 anos de idade.

90% dos suicídios poderiam ser evitados com ajuda psicológica, alerta a enfermeira Elaine Frétola. “A maioria deles é causada por doenças mentais que não são tratadas porque muitas pessoas nem sabem que precisam de tratamento. Aproximadamente 60% das pessoas que morrem por suicídio não buscam ajuda”, explica a enfermeira.

Criada pelo Centro de Valorização da Vida, o Setembro Amarelo é uma campanha idealizada para trazer o diálogo sobre o suicídio para a sociedade. Desde 2015, o movimento conta com o engajamento de diversas instituições, entre elas o Sesi, que oferta palestras e oficinas sobre saúde e prevenção de doenças, com o objetivo de ensinar a gerenciar os fatores psicossociais no contexto do trabalho, desenvolvendo estratégias de enfrentamento aos riscos de adoecimento.

Com essas ações de conscientização, o Sesi Senai Ariquemes contribui para o fortalecimento da campanha Setembro Amarelo, afirma a gerente do Sesi-Senai Ariquemes, Ângela Cristina Candelório Bim. “A ideia é que o trabalhador também contribua, por exemplo, observando se algum colega ou até mesmo um familiar ou amigo apresenta mudanças no comportamento, se está sempre ansioso, se isola socialmente, tem baixa autoestima, dentre outros sinais que normalmente as pessoas apresentam antes de atentarem contra a própria vida”, ressalta.

Assessoria de Comunicação Social do Sistema Fiero


Mais notícias

Edição 2018 do Acampadentro movimenta professores e alunos do Sesi-Senai Lagoa

Escola Sesi-Senai-IEL de Cacoal ganha nova quadra poliesportiva, em 2019

Alunos do Sesi-Senai Vilhena conquistam 2.º lugar no Torneio de Robótica First Lego League

Sesi-Senai em parceria com Sebrae realiza Feira Despertar