IMPRENSA
26 de novembro de 2018 - 11h03

A- A A+

Balé do Sesi empolga o público com espetáculo cômico, em sua 28ª edição

A Academia de Dança do Sesi, em edições anteriores, apresentou versões de clássicos como Lago dos Cisnes, Giselle, Quebra Nozes, sempre obtendo a aceitação e o aplauso do público. Nesta 28ª edição, realizada sábado, 24, na quadra de esportes da escola Sesi-Senai da Rio de Janeiro – bairro Lagoa, em Porto Velho, a Mostra trouxe o balé de repertório La Fille Mal Gardée, com coreografia da professora Rita Nascimento e a participação de mais de 90 bailarinos. Além do tradicional balé de repertório, houve apresentação de jazz, clássico livre e baby balé com o número “Cantando na Chuva”.

 

La Fille mal gardée - que pode ser traduzido como “a filha mal criada” – é um clássico balé cômico em três atos e três quadros. É o mais antigo no repertório atual dançado nos teatros e originalmente concebido e coreografado por Jean Dauberval, um importante coreógrafo do século XVIII. A história é simples. Dois jovens camponeses — Lise e Colas estão apaixonados, mas a mãe da garota está decidida a casar Lise com o filho de um fazendeiro rico, se dedicando a vigiar a filha para que ela não se aproxime demais de Colas.

 

A coreografia é uma das mais tradicionais do repertório clássico, tendo sido recontada e refeita inúmeras vezes, por diversas companhias e coreógrafos. Afirma a professora e coreografa Rita Nascimento: “desta vez foi o Sesi que apresentou sua versão. A reação do público foi positiva, aplaudiu e riu muito das peripécias mostradas durante a apresentação deste balé cômico e a atuação dos nossos bailarinos foi impecável, coroando de êxito meses e meses de dedicação aos ensaios”, reiterou.

 

Para o coordenador de Educação Sesi-Senai-IEL, Jair Coelho, foi uma apresentação excelente, assim como a receptividade do público. “A excelência com que o Sesi-Senai e IEL realizam seus eventos ressoa positivamente tanto interna como externamente, desta forma fortalecendo ainda mais os laços da instituição, alunos, família e público em geral”, exultou. 

 

A professora e coreografa Tácia Barreto explica que os alunos vêm ensaiando desde julho para chegar bem no espetáculo, com muita dedicação de todos. “É gratificante ver a ótima receptividade do público que se divertiu com este balé engraçado, alegre e bonito. Nossas bailarinas e bailarinos estão de parabéns”, falou.

 

De acordo com a gerente da escola Sesi-Senai Lagoa, Fabiana Amaral, “ao completar 28 anos de trabalho, a academia de dança do Sesi reforça o compromisso com Rondônia e com o desenvolvimento e fomento das múltiplas expressões culturais, especialmente a dança, que também contribui para a promoção da qualidade de vida de nossos alunos, amigos e parceiros”, pontuou.

 

A psicóloga Giselle Castro não poupou elogios ao espetáculo e falou da emoção de ex-bailarina ao assistir à apresentação da filha Clara de Castro, homenageada por sua classificação para a seletiva final do Bolshoi, ficando entre as 80 melhores. “O Sesi prepara muito bem seus bailarinos e todos estão de parabéns pelo belíssimo espetáculo”, finalizou.

 

O evento contou com a presença dos conselheiros Sesi-Senai, Maurício Vaz (Superintendente do Ministério do Trabalho e Emprego – MTE-RO) e Goreth Reis (representante do Instituto Federal de Rondônia – Ifro-RO), do 2º diretor secretário da Fiero, José Carlos de Moura Lopes, dentre outros convidados.

 

Assessoria de Comunicação Social do Sistema Fiero

 


Mais notícias

Balé da escola Sesi-Senai Lagoa está com matriculas abertas

Sesi-Senai Ariquemes realiza campanha preventiva contra câncer de mama

Edição 2018 do Acampadentro movimenta professores e alunos do Sesi-Senai Lagoa

Escola Sesi-Senai-IEL de Cacoal ganha nova quadra poliesportiva, em 2019