IMPRENSA
06 de setembro de 2019 - 12h13

A- A A+

Escola Sesi-Senai-IEL Pimenta Bueno participa da primeira fase da Olimpíada Nacional de Ciências 2019


 

Incentivar jovens a valorizar o meio científico e identificar talentos nas mais diversas áreas do conhecimento, estimulando-os a escolher a área científica para suas carreiras. São alguns dos objetivos da Olimpíada Nacional de Ciências 2019. Dez alunos do novo Ensino Médio da Escola Sesi-Senai-IEL de Pimenta Bueno aceitaram o desafio e participaram da primeira fase, que aconteceu entre os dias 15 e 17 de agosto, em âmbito nacional.

 

Os alunos do Sesi fizeram os testes da primeira etapa no dia 16, na própria unidade. Para participar do desafio nacional, eles estavam se preparando alguns dias para colocar em prática os conhecimentos nas áreas de Física, Química, Biologia e Astronomia que compõem a Olímpiada. Já a segunda fase ocorrerá em local a definir pela Regional de Educação – Seduc e Ministério de Educação – MEC.

 

De acordo com o professor e coordenador da ação, Juliano Cesar Pereira Carneiro, “participar da Olimpíada Nacional de Ciências proporciona a nós professores e aos estudantes, novas descobertas, novos lugares, ideias, técnicas e conhecimentos. Participar foi importante para nossos alunos e para nossa unidade de Pimenta Bueno. Esta ação marca o início de muitas outras que estão por vir. Fico muito feliz em poder contribuir com o Sesi, auxiliando o nosso alunado na busca pelo conhecimento, é o Novo Ensino Médio fazendo a diferença, oportunizando o protagonismo dos nossos alunos”, disse.

 

Segundo a coordenadora Pedagógica Renata Christyna Gaede de Lima, ter alunos do Sesi participando é fundamental. “Estamos empenhados em oferecer um ensino de qualidade, e este tipo de ação nos permite estimular os jovens a descobrirem mais sobre as ciências e as tecnologias. Estimulamos a busca de conhecimentos, além da sala de aula e a buscar seu protagonismo, lógico, orientados por um corpo docente de qualidade e aplicando as melhores metodologias de ensino”, pontua. 

 

“Sabia que o desafio não iria ser fácil, ainda mais com muitos conteúdos que precisavam ainda ser aprimorados e relembrados” afirma o aluno Gabriel Felizardo, que se dedicou de forma quase exclusiva à olimpíada e ficou feliz em ser um dos alunos a representar o Sesi. “É a nossa primeira participação, mas posso dizer que os momentos de encontros e estudos oportunizados pela escola, coordenados pelo professor Juliano, me ajudaram muito. Pois me ensinou a querer mais, estudar mais e posso dizer que até aprendi coisas novas e uma certeza eu tenho, em uma próxima oportunidade irei me esforçar mais”, confirma.

 

A gerente da escola Sesi-Senai-IEL de Pimenta Bueno, Rosiani Marli Módolo lembra que as olimpíadas do conhecimento existem como forma de incentivo a estudantes de um modo geral, descobrindo novos talentos e incentivando a boa prática de se estudar, não como forma de "competição". “A escola estimula e desafia os estudantes para participar das olímpiadas a fim de identificar talentos para as ciências e incentivar o ingresso desses alunos nas áreas científicas e tecnológicas com foco no desenvolvimento pessoal e profissional”, finaliza.

 

Rosiani parabeniza os alunos Caio Alexsander Calderon Cavalcanti; Gabriel Oliveira Felizardo; João Vitor Peisino Bandeira; Diego Ferreira Sonda; Franksmar Rigonato de Andrade; Pedro Henrique Lago de Souza; Isabelly Larissa dos Santos; Lorraine Santos Barbosa; Camila Eduarda Veloso de Queiroz e Michelle Motta dos Santos, que aceitaram o desafio e representaram a escola Sesi-Senai-IEL de Pimenta com muita determinação.

 

Assessoria de Comunicação Social do Sistema Fiero

 


Mais notícias

Alunos da Escola Sesi-Senai-IEL de Pimenta Bueno participam do projeto Sistema Monetário

Aluna da Escola Sesi-Senai-IEL de Cacoal é destaque na fase estadual do Joer 2019

Sesi RO adota metodologia inovadora para resolver desafios em SST nas indústrias

Educação 4.0 e Metodologias Ativas de Ensino são temas de workshop para professores Sesi e Senai