IMPRENSA
06 de December de 2023 - 12h21

A- A A+

SENAI-RO apresenta projeto de sistema isolado de energia elétrica na Expo Amazônia

Denominado Connect Sol, um dos projetos executados pela unidade SENAI CETEM, de Porto Velho, foi apresentado pelo instrutor Messias Cantanhede durante o evento Expo Amazônia. A iniciativa tem como finalidade a adoção de tecnologias em sistemas solares fotovoltaicos para atender comunidades isoladas, tribos indígenas, comunidades ribeirinhas ou qualquer outro cliente que esteja fora ou não tem a possibilidade, por questões técnicas, econômicas e geográficas, de ter a sua unidade consumidora de energia elétrica conectada ao sistema nacional.

A elaboração e gestão do projeto foi feita pelos instrutores Messias Cantanhede e Israel Horácio, com revisão e apoio da equipe técnica da CEBEP, pelos analistas educacionais Luana Carine Borges de Souza e Alexandre Custódio e o gerente de Educação Básica e Profissional SESI-SENAI-IEL-RO, Jair Coelho. Já a equipe discente contou com a colaboração dos alunos do curso de Eletrotécnica unidade SENAI CETEM - Thais Pires de Souza, Jéssica Galdino, Débora Rodrigues Lobo, Bárbara Brasil Vitalino, Victor Emmanuel e João Cledson.

Na apresentação, Messias explicou que “as comunidades isoladas sofrem por não ter acesso à energia do sistema interligado nacional e, por isso, têm que recorrer a soluções baseadas no uso de Grupos Motores Geradores (GMG) a diesel. Dessa forma, a proposta do projeto Connect Sol é implementar uma solução híbrida, ou seja, sistemas híbridos fotovoltaicos trabalhando em conjunto com GMGs, com o objetivo também de reduzir o consumo de óleo diesel tornando essas localidades, essas comunidades, enfim, esses consumidores de energia elétrica de sistemas isolados, mais sustentáveis e permitindo a ampliação da sua atividade econômica, possibilitando uma melhor qualidade de vida e um melhor conforto térmico e ambiental”, explicou.

Ainda em sua exposição, o instrutor ressaltou que “a ideia é desenvolver um kit solar fotovoltaico com características específicas. Primeiro, a integração com os sistemas de GMG a diesel já existentes, numa solução híbrida. Segundo, uma autonomia mínima de 36 horas, para atendimento de demandas unitárias por unidade consumidora em torno de 160 kW.h por mês, compreendendo módulos solares de 3,28 kW pico e atendendo inversores com tecnologia híbrida e controle de potência, com uma carga máxima atendida de 3 kW. Esse sistema também prevê um conjunto de seguidor solar tracker que é capaz de aumentar a captação”, pontuou.

Para o gerente da unidade SENAI CETEM, Cleber Santos, a participação dos instrutores neste evento realizado em Manaus, é de fundamental importância, porque a Expo Amazônia é uma feira que movimenta vários setores relacionados a bioeconomia e a tecnologia da informação e comunicação, conhecida pela sigla TIC. Então, nesse evento, participam empresas nacionais e internacionais, startups e instituições de ciência e tecnologia que trabalham com iniciativas voltadas para a bioeconomia. Portanto, a apresentação deste projeto ganha visibilidade e o SENAI-RO também”, disse.

 


Mais notícias

Palestras, debates e oficinas integram a 8ª Jornada Pedagógica Nacional de Educação do SENAI

DR-RO participa da capacitação de Multiplicadores em bioeconomia na Amazônia Legal

SENAI Jaru promove palestra motivadora sobre o curso técnico em qualidade

Unidades SESI-SENAI-IEL recepcionam alunos dos cursos de Aprendizagem Industrial e Jovem Aprendiz