EDUCAÇÃO

APRENDIZAGEM INDUSTRIAL

O SENAI oferece programas de aprendizagem Industrial, para jovens na faixa etária de 14 a 24 anos, em parceria com as Indústrias do Estado. Por meio dos cursos de aprendizagem, as empresas contratam os jovens, por tempo determinado, atendendo a cota de aprendiz e preparando recursos humanos que poderão fazer parte do seu quadro de funcionários, além de contribuir para a formação dos futuros profissionais do país.

*A idade máxima não se aplica a pessoas com deficiência.

A condição de aprendiz ocorre no ato da contratação do jovem pela empresa simultaneamente com a matrícula em curso de aprendizagem do SENAI. Esse contrato tem prazo máximo de dois anos.


Cotas de aprendizes

Os estabelecimentos de qualquer natureza - excluindo-se as microempresas, pequenas empresas e as entidades sem fins lucrativos (ESFLs), que têm por objetivo a formação profissional - são obrigados a empregar e matricular nos cursos dos Serviços Nacionais de Aprendizagem um número de aprendizes equivalente a cinco por cento, no mínimo, e quinze por cento, no máximo, dos trabalhadores existentes em cada estabelecimento, cujas funções demandem formação profissional.

Cabe às Superintendências Regionais do Trabalho e Emprego fiscalizar o cumprimento das cotas de aprendizes de cada empresa.



INFORMAÇÕES
SENAI Rondônia - 0800 647 3551 - sac@fiero.org.br
Fale conosco

BANCO DE TALENTOS


Destaques

Confiança da indústria mantém recuperação, mostra CNI

SENAI define protocolo para retorno às aulas da educação profissional

Alunos do SESI Lagoa estudam matemática brincando

Pandemia afetou negativamente 57 por cento das indústrias exportadoras