Usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação em nosso site. Ao navegar, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Aviso de Privacidade e nossa Política de Privacidade. Se você concorda, clique em ACEITO.

IMPRENSA
04 de August de 2022 - 12h04

A- A A+

SENAI Rondônia busca a vertente da prestação de serviços técnicos e tecnológicos

Historicamente, a educação profissional tem sido o foco do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de Rondônia (SENAI-RO), mas surge uma nova tendência, a de também trabalhar de maneira mais efetiva na área de prestação de serviços técnicos, tecnológicos e de inovação, seja diretamente ou mediante parcerias.

Desta forma, o SENAI firmou parceria com o Sebrae, cujo objetivo é empreender ações para a implantação de Lean manufacturing e eficiência enérgica nas indústrias rondonienses. Espera-se que com a implantação destas novas metodologias, as empresas participantes possam ter um aumento de eficiência de produção em torno de 20%. Existe também outro projeto voltado para eficiência energética, com recursos da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), visando desenvolvimento de equipamento de medição de consumo inteligente de energia e cuja pesquisa terá início a partir de setembro de 2022.

Por fim, conforme o diretor regional Alex Santiago, o SENAI-RO iniciou trabalhos prospectivos junto a empresa geradora de energia na região, no intuito de, juntamente com os Institutos SENAI de Inovação em Biotecnologia (ISI-RJ) e Ligas Metálicas (ISI-MG) formular proposta de PD&I (pesquisa, desenvolvimento e inovação) nas áreas de aproveitamento de macrófitas e estudos de ligas visando diminuição dos efeitos da cavitação sobre pás de turbinas. Ainda segundo ele, há possibilidades de trabalhos, especialmente com o Institutos Fraunhofer, na Alemanha, e provavelmente, também com a empresa detentora da patente de produção das turbinas, que terá interesse em possíveis resultados gerados.

O diretor pontuou a importância do papel da Federação das Indústrias do Estado de Rondônia (FIERO) na promoção e apoio às atividades de pesquisa, desenvolvimento e inovação no estado, que traz como resultado a alavancagem da atividade industrial através da solução de problemas complexos enfrentados pelas empresas.

Cavitação e Erosão

O fenômeno de cavitação é basicamente entendido, como a sequência dos eventos de formação de bolhas de ar ou vapores, com a sua posterior implosão ou explosão, tendo como origem a queda de pressão associada a pequenos núcleos existentes nos líquidos.

A cavitação produz efeitos indesejáveis e agressivos, dos quais pode-se citar como exemplos, erosão de contornos sólidos; vibrações e ruídos excessivos; diminuição da capacidade dos vertedouros de Usinas Hidrelétricas; diminuição da eficiência de Turbinas Hidráulicas, com consequente queda de potência.

A erosão por cavitação ocorre devido a concentração de energia em uma pequena área sólida próxima, ou no próprio local onde ocorre o colapso. Essa concentração de energia é responsável pelas altas tensões localizadas que excedem os limites de resistência dos materiais.

 


Mais notícias

SENAI e o Programa Soldado Cidadão capacitam egressos das Forças Armadas

SENAI CETEM realiza aula inaugural do projeto Soldado Cidadão para nova turma

SENAI Rondônia tem projeto selecionado e premiado em edital da ABDI

Fluxo eficiente na cozinha industrial é tema de palestra do SENAI na Feira de Gastronomia