IMPRENSA
02 de dezembro de 2019 - 11h49

A- A A+

Público lota ginásio do SESI e se emociona com balé Branca de Neve


 

Palco armado. Iluminação e som testados. Bailarinos chegando para retoques finais e aquecimento nos bastidores. Pais com celulares e câmeras para registrar cada passo e apresentação. Toda a movimentação começou uma hora antes do horário previsto para o início da 29ª Mostra de balé do SESI, realizada sábado, 30, na quadra esportiva da escola SESI Lagoa, em Porto Velho.

 

A apresentação do balé Branca de Neve, teve início às 19h30, com a participação de mais de 150 bailarinos da escola de dança do SESI, Classe A, Dom Bosco e Escola Municipal João Ribeiro. As primeiras foram as pequenas bailarinas do baby balé e na sequência, a dança das moças, florestas, bichos, baile dos anões, solo caçadora, rainha, até o encerramento com todos no palco, sob a orientação e participação das professoras e coreografas Rita Nascimento, Tácia Barreto, Tailô Cristina e Sâmia Souza, que aterrorizou Branca de Neve – vivida por duas bailarinas, no papel duplo de madrasta e a bruxa.

 

O público não economizou aplausos, principalmente nas cenas mais marcantes, dentre elas, a entrada de Branca de Neve, a rainha (madrasta da Branca de Neve) arrancando o próprio coração e sua transformação em bruxa, o envenenamento da protagonista, a dança e o baile dos anões, até o encerramento com todos no palco.

 

A professora e coreógrafa Rita Nascimento frisou que quebrando os paradigmas sociais, o balé clássico fomenta todos os grupos, e idades, crianças, adolescentes, adultos, e em alguns lugares idosos. “Em nossa escola gostaríamos de parabenizar a aluna Graça Pimenta Costa que aos 53 anos se permitiu realizar o sonho de fazer balé”.

 

Há 27 anos residindo em Porto Velho, Graça Pimenta Costa, faz balé há três anos com a professora Rita Nascimento, falou da emoção de participar do espetáculo. “Aprendi que o balé é para todas as idades. É emocionante ver esse público caloroso nos assistindo e aplaudindo nossa apresentação feita com muito esmero e dedicação. O balé se tornou uma terapia e quando estou dançando esqueço todos os problemas”, contou.

 

O coordenador de Educação SESI/SENAI/IEL-RO, Jair Santiago Coelho marcou presença na 29ª Mostra de balé do SESI. Ele disse que ficou maravilhado com a presença do público e com a escolha do tema Branca de Neve, uma história que emociona a todos. “É o SESI contribuindo para a cultura, educação e entretenimento e o fortalecimento da imagem da instituição”, afirma.

 

A professora e coreógrafa Tácia Barreto conta que neste ano a ideia era entregar ao público um espetáculo divertido e com um tema conhecido por todos. “Optamos pela Branca de Neve e deu certo graças a reação positiva do público que lotou o ginásio do SESI para prestigiar e aplaudir nosso espetáculo. Tivemos duas bailarinas interpretando a personagem principal e a professora e aluna Sâmia Souza como a madrasta da Branca de Neve”.

De acordo com a jornalista Rafaela Schuindt, mãe da bailarina Bianca Schuindt, aluna de balé da professora Tailô Cristina, na escola Dom Bosco, o espetáculo emocionou o público que aplaudiu os bailarinos em cena aberta. “Todos estavam muito bem. Valeu a pena o tempo com ensaios e a ansiedade antes da apresentação. Em minha opinião, este foi o melhor espetáculo de balé realizado pelo SESI”, disse.

 

O grupo de balé Rita Nascimento hoje possui cerca de 170 alunos, envolvendo as Escolas SESI-RO, Dom Bosco, Escola Municipal João Ribeiro e Classe A Unidade II, com o auxílio das professoras Sâmia Souza, aluna e professora da Escola Dom Bosco, o qual iniciou seus estudos de balé clássico aos 4 anos de idade, estando desde 2010 no balé Rita Nascimento. Tailô Cristina aluna da professora Rita Nascimento desde os 7 anos, iniciou sua carreira como professora no SESI/RO há dez anos, onde permaneceu até final de 2013. Hoje é professora na Escola Dom Bosco e em outras escolas da cidade, e Tácia Silva de Sá Barreto que entrou para a dança aos 6 anos de idade realizando o curso de balé com o maître Adair D’Palma, na Escola Municipal de dança, contabilizando 12 anos como sua aluna e há 10 anos como profissional, sendo professora da Escola SESI-RO desde outubro de 2013.

 

Assessoria de Comunicação Social FIERO

 


Mais notícias

Unidades Lagoa e Nova Mutum entregam kits do Projeto Biblioteca SESI em Casa

SESI-SENAI-IEL de Vilhena está na terceira fase da Olimpíada de História

SESI-SENAI Cacoal realiza drive thru cultural com participação de alunos e familiares

SESI de Vilhena tem duas equipes aprovadas para a segunda fase da Olimpíada de História