IMPRENSA
01 de abril de 2021 - 12h10

A- A A+

Professores mais habilitados são fundamentais para ensinar os alunos do futuro


 

O atual cenário mundial apressou o que já era inevitável, no sentido tecnológico, e ao mesmo tempo consagrou a conectividade com o futuro. O acesso diário de estudantes às aulas remotas até ampliou a forma de transmitir o conhecimento, mas a educação passou a enfrentar ainda mais desafios, sem haver superado os antigos. A afirmação é do coordenador de Educação Básica e Profissional do SESI-SENAI-IEL de Rondônia, Jair Coelho.

 

A criatividade, a capacidade de resolver desafios, o comprometimento com a transformação digital, são imprescindíveis, assim como a sua capacidade de utilizar soluções tecnológicas para apoiar os estudantes no desenvolvimento das habilidades do século XXl, comentou o coordenador. “A lógica é implacável. Não podemos aplicar hoje os métodos que Sócrates usava há cerca de 2 mil anos, para ensinar crianças que utilizam Smartfones, tablets, Ultra books e que vivem os tempos presentes com o uso diário de tantas tecnologias”, comentou.

 

Coelho ressaltou que nas escolas SESI-SENAI o aprendizado precisa fazer todo sentido. Seguindo essa filosofia, não cometeram o desacerto de permanecer no passado e utilizar métodos ultrapassados, os conceitos evoluíram e também em Rondônia ambas instituições, nas últimas décadas deram saltos qualitativos e passos largos para o ensino do futuro.

 

Segundo o coordenador os professores do SESI-SENAI-RO estão focados e passaram da fase de adaptação no que concerne ao ensino remoto. “É preciso refletir se estamos ensinando e capacitando esses alunos para ocupações e profissões que os robôs poderão realizar no futuro. É fundamental preparar os estudantes para o que vem por aí. E os professores são fundamentais, pois são eles que estimulam a criatividade, a coesão social, que vão estabelecer os alicerces que levam a criar uma economia forte e sustentável. Com isso, os alunos terão mais conhecimentos. Terão autonomia para fortalecer seu profissionalismo”, explicou.

 

Ele alerta que para tanto, os professores precisam estar cada vez mais habilitados para ensinar na classe para preparar os alunos para o futuro. As escolas da rede SESI-SENAI estão preparadas e equipadas para estes desafios.

 

Jair Coelho citou uma frase do especialista em educação e escritor inglês Alex Beard. “Estamos caminhando para uma sociedade que compartilha suas ideias, a partir de uma fonte irrestrita de conhecimentos”.

 

“A tecnologia não existe para superar o professor, mas trata-se de ferramenta inovadora, uma aliada cada vez mais imprescindível ao aprendizado. Daí a importância de docentes mais especializados e muito mais capazes de lidar adequadamente com as ferramentas tecnológicas”, finalizou Coelho.

 

 


Mais notícias

Alunos do Novo Ensino Médio do SESI Rondônia participam de simulado ENEM 2021

Conexão Maker: empreendedores solucionam problemas ambientais e sociais com tecnologia e inovação

EJA EAD do SESI oportuniza continuidade dos estudos para trabalhadores da indústria

SESI dispõe de excelente estrutura para atender a indústria e comunidade em geral