IMPRENSA
14 de September de 2023 - 10h44

A- A A+

Projeto “O abstrato” conta com a participação da turma do Pré I do SESI de Pimenta Bueno

As atividades propostas no projeto "O Abstrato", idealizado pela professora Caroline Estéfani, permitem que os pequenos explorem conceitos abstratos por meio do toque e da manipulação de materiais concretos. As crianças são incentivadas a tocar, sentir e experimentar diferentes texturas, formas e cores. Elas puderam explorar materiais como areia, folhas, papel, cola e outros elementos que estimulam a curiosidade e a criatividade.

 

Segundo Caroline, “isso cria uma base sólida para o desenvolvimento cognitivo e emocional das crianças, pois elas não apenas aprendem conceitos abstratos, mas também desenvolvem habilidades motoras, coordenação, concentração e independência. “Durante o projeto, essas experiências sensoriais não apenas tornam o aprendizado mais envolvente, mas também promovem o desenvolvimento de habilidades de resolução de problemas, observação e análise”, comentou.

 

Caroline citou Maria Montessori, uma renomada pedagoga italiana, responsável por desenvolver um método educacional valorizando a autonomia, a descoberta e o respeito pelo ritmo de aprendizado de cada criança. “A base de sua filosofia é a crença de que as crianças aprendem melhor quando estão ativamente envolvidas em suas atividades, utilizando seus sentidos para explorar o mundo ao seu redor”, explicou a docente.

 

Conforme a auxiliar de serviço educacional Elisangela Goes, o projeto "O Abstrato" cultivou um ambiente de aprendizado que respeitou o ritmo de cada criança. “Não há pressão para atingir metas específicas em um determinado prazo. Em vez disso, as crianças são encorajadas a explorar, experimentar e aprender de acordo com seu próprio interesse e curiosidade. Isso promove a autoestima, a autoconfiança e a motivação intrínseca para aprender”.

 

Para a coordenadora Renata Gaede, a importância de projetos como esse vai além do desenvolvimento cognitivo das crianças. “Eles também contribuem para o desenvolvimento socioemocional, pois promovem a independência, a autoestima, a empatia e o respeito pelos outros. As lições aprendidas através do toque e da prática durante o projeto “Os Abstratos” da professora Caroline Estéfani permanecerão com essas crianças ao longo de suas vidas, preparando-as para enfrentar desafios e oportunidades de maneira confiante e criativa”, exultou.

 

O gerente da Unidade Diógenes Pierre relatou que o projeto constitui um exemplo inspirador de como a educação pode ser uma experiência prática e envolvente. O objetivo central deste projeto foi explorar e aplicar os princípios pedagógicos propostos por Maria Montessori, enfatizando o aprendizado através do toque e da experiência prática.

 

 


Mais notícias

DR de Rondônia presente na Reunião Nacional de Gestores de Saúde e Segurança na Indústria

SESI de Cacoal promove Sarau Literário para os alunos do Ensino Médio

SESI de Porto Velho trabalha questões socioemocionais com os alunos

Atividades socioemocionais e prova diagnóstica do Passe são temas de encontro de docentes