IMPRENSA
12 de abril de 2019 - 09h56

A- A A+

Palestras e encontros de negócios marcam o Business Day, na capital

 

Porto Velho, por um dia, se tornou a capital da importação e exportação, com a realização do 1º Business Day Rondônia, que aconteceu nesta quarta-feira, 10, com a participação de especialistas, despachantes aduaneiros e representantes das Câmaras de Comércio de países como Estados Unidos, Canadá, Peru, Bolívia, China, Japão e Itália. Empresários dos mais variados setores produtivos, da capital e do interior de Rondônia participaram de palestras e encontros de negócios nas salas sem fronteiras. A programação ocorreu na Faculdade Sapiens, uma das instituições parceiras do evento, juntamente com o Sistema Fiero e a Interfrazão.

 

“Por sermos um estado fronteiriço com país exterior, esta federação das indústrias tem o DNA da luta pela abertura de mercados e fomenta a abertura de comércio internacional”, afirma o presidente da Fiero, Marcelo Thomé. “Nosso trabalho tem rendido ótimos frutos, com o fortalecimento da cadeia produtiva, empresas e sindicatos setoriais. O Business Day, pelo número expressivo de países participantes, comprova o sucesso da iniciativa. O evento deu a oportunidade de mostrar o potencial de Rondônia para países como China, Canadá, Estados Unidos, Itália, Peru, Bolívia e África”.

 

A presidente do Conselho Brasileiro das Empresas Comerciais Importadoras e Exportadoras (CECIEx), Rita de Cássia Campagnoli Acea conversou sobre exportação através das Comerciais Exportadoras – Vantagens e Benefícios. Ainda como parte da programação, o especialista Guilherme Prete Fuzeti abordou o tema Desmistificando o Despacho Aduaneiro–Fronteira Peru e Bolívia. Já a coordenadora de Comércio, Indústria Superintendência Estadual de Desenvolvimento Econômico e Infraestrutura SEDI/RO, Rosangela Castelo falou das oportunidades de negócios em Rondônia. Na sequência, a secretária geral da Câmara Ítalo Brasileira de Comércio, Indústria e Agricultura (Italcam), Adriana O Mira Floridia falou sobre como exportar para a Itália com a Italcam – Oportunidades.

 

Oportunidades e Importância da Qualificação do Profissional de Comércio Exterior, foi a palestra ministrada pelo diretor executivo do Grupo Sapiens, Augusto Pellucio. “Existem vários problemas à espera de soluções, “mas isso começa quando entendemos o que os outros países necessitam. Através das rodadas de negociação são práticas e ajudam a entender e enxergar melhor o mercado externo. Trazer eventos como este que oferecem informação e capacitação para os empresários, é fundamental. A Fiero e a Interfrazão estão de parabéns. A Faculdade Sapiens está fazendo seu papel, que é conhecimento e educação”, finaliza.

 

O especialista Jesus Pacheco, do escritório comercial do Peru em São Paulo destaca a palestra de abertura deu o tom do Business Day, que é buscar os mercados externos, por exemplo, o do Peru, que quer comprar e quer vender. Em relação aos produtos conversei com várias pessoas, cada uma com o interesse diferente, mostrando como são diversas as possibilidades de negócios. Conversei sobre minério, alimentos, construção e percebi a potencialidade”, comenta.

 

Pacheco ressalta todo o potencial dos produtos de Rondônia, que ele denomina como um ponto de confluência para negócios com a América do Sul. “Minha expectativa é estreitar ainda mais os laços comerciais para termos mais compras, vendas, mais comércio entre as duas regiões, fortalecendo a economia e gerando divisas”, disse.

 

O coordenador administrativo da Dydyo Refrigerantes, Silvino Ciarma conversou com representantes do Peru e da China. Com o primeiro, ele falou do interesse da empresa de exportar refrigerantes para o Peru. “           Nosso objetivo é fazer contato para esse trabalho de distribuição no país vizinho. Também solicitamos informações sobre o volume de mercado para nos preparamos para atender a demanda. “A Dydyo está entrando na Bolívia e enviamos para parte do Amazonas, Manaus, Roraima, Mato Grosso e a meta é expandir ainda mais”, falou. Ciarma também contatou o representante da China. “Nosso interesse é fazer sopro de garrafa e os equipamentos relacionados a pré-forma, para viabilizar menores custos. Vamos ver as possibilidades e o que eles podem oferecer.

 

De acordo com o gerente geral da Madeira Soluções, do Grupo Rovema, Marcelo Silvestre, “o Business Day é um evento diferenciado, pois ao trazer vários países em um local, para nós do Grupo, é importante porque possibilita a descoberta de novas oportunidades em novos mercados. Rondônia sai na frente com esta ótima iniciativa”, pontua.

 

A idealizadora do evento, Ivanilda Frazão, da Interfrazão lembra que Rondônia não tem mais como fugir do olhar internacional e o Business Day trouxe os especialistas frente a frente com o empresário rondoniense, que teve acesso a informações de como se inserir no mercado internacional. “Meus agradecimentos à equipe da Interfrazão, Fiero, Grupo Sapiens e a cada especialista e aos empresários que acreditaram e buscaram as oportunidades de negócio no Business Day Rondônia”.

 

Assessoria de Comunicação Social do Sistema Fiero

 

 

 


Mais notícias

Expectativa é que a Feira de Gastronomia integre o calendário de eventos, diz vice-presidente do Sindipan-RO

Vice-presidente do Sindipan-RO destaca empenho dos organizadores da Feira de Gastronomia

Evento voltado à gastronomia e negócios inicia nesta quarta-feira, 5, na capital

Indústria só sairá da recessão com reformas estruturais, avalia CNI