IMPRENSA
10 de January de 2022 - 10h25

A- A A+

Equipe do SESI Vilhena garante 4º lugar em competição nacional de robótica virtual

A equipe de robótica ELEV3R-Z composta por seis alunos do Ensino Fundamental II do colégio SESI-SENAI-IEL de Vilhena, é destaque na CoderZ League Junior, e ficou em quarto lugar na competição nacional que reuniu centenas de outras equipes do Brasil. Nesta edição, que iniciou em outubro de 2021, a competição foi totalmente virtual e tinha como objetivo realizar a programação de robôs em diversas etapas com vários desafios.


De acordo com o professor e coordenador da ELEV3R-Z, Silvio Luiz Vichroski, a equipe criou e aprimorou vários algoritmos, desenvolveram o pensamento computacional e as habilidades criativas de resolução de problemas. “Foram mais de 3 meses de desafios on line, e nossos alunos estão de parabéns pelo empenho e dedicação durante a competição, pois eles competiram para desbloquear novos desafios em uma missão para levar seus robôs virtuais às finais”, explicou.


Essa competição impulsiona o futuro das crianças, utilizando uma plataforma de codificação ‘gamificada’, tornando mais fácil para qualquer pessoa aprender STEAM (sigla em inglês que significa, Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática), e ciência da computação usando robôs virtuais, bem como incentivar carreiras nas áreas de tecnologia. A competição constrói habilidades de trabalho em equipe e colaboração e esse trabalho em equipe melhora o aprendizado social e emocional. Eu acredito que o código de programação é uma das linguagens do futuro, e que toda criança deve aprendê-lo, e as aulas de robótica são uma das melhores maneiras lúdicas de ensiná-los”, disse o professor.


O gerente da unidade de Vilhena, Silvio Leite não poupou elogios aos alunos que participaram da competição, afirmando que o comprometimento e a seriedade de todos contribuíram para que a ELEV3R-Z garantisse mais essa conquista que tanto orgulha o colégio. “Recebi a notícia do resultado de nossos alunos nessa competição, com uma certa surpresa e muita alegria, pois foi a primeira edição que nós participamos e por isso, não tínhamos muita experiência, até mesmo para prevermos qualquer que fosse o resultado. Mas com trabalho duro (mais de três meses) e dedicação dos nossos professores e alunos, o resultado veio e com muita festa”, comentou.


Mais notícias

FIERO promove nova rodada de testagem para Covid em seus colaboradores

SESI-RO está com matrículas abertas

De forma pioneira, SESI e SENAI formam a primeira turma do NEM em Rondônia

SESI-RO alerta sobre alteração na legislação de segurança no trabalho