IMPRENSA
14 de junho de 2019 - 15h15

A- A A+

Escola Senai de Ariquemes - Circuito SIS mobiliza Senai e parceiros para criação de guia eletrônico para visitantes do Parque Botânico


 

Baseada em uma pesquisa de campo e as preocupações da população local com o meio ambiente, a escola Senai de Ariquemes, através de mais uma ação do Circuito SIS (Senai, Indústria e Sociedade) mobilizou professores, alunos, profissionais e parceiros como a indústria Femar e a Sema, para criar e desenvolver o “Guia Eletrônico do Parque Botânico”, que vai possibilitar aos visitantes, acessando ambiente virtual, conhecer as variedades de fauna e flora regional encontradas na área do parque. 

 

Para acessar ao conteúdo, o usuário deverá portar um smartphone com aplicativo leitor de QR-Codes, e este, após fazer a leitura, irá direcionar o usuário para a página online do guia. Os QR-Codes serão impressos em placas de pvc, e estrutura metálica, estrategicamente dispostas por toda a área do Parque botânico ao alcance dos visitantes, inclusive pessoas com necessidades especiais. 

 

Alunos do Colégio Excelência visitaram o parque e conheceram de perto a execução do projeto criado pelo Senai Ariquemes. Os estudantes levaram os celulares e tiveram acesso, através do aplicativo leitor de QR-Code, à catalogação das espécies de fauna e flora existentes no local. Eles foram unanimes em elogiar a iniciativa do Senai, que transformou o parque também em ambiente pedagógico.

 

Escolhidos pelo desempenho em atividades realizadas em sala de aula, os alunos Gustavo, Alex e Sérgio ressaltaram a alegria por participarem do projeto desenvolvido no período de maio e junho de 2019, cuja ação final foi realizada no Parque Botânico de Ariquemes.

Segundo a gerente da escola Sesi-Senai-IEL de Ariquemes, Ângela Candelório Bim, esse é um projeto muito interessante que envolveu grande parte da equipe de instrutores do Senai e indústria Femar, proporcionando a população de Ariquemes e todo Vale do Jamari uma nova aprendizagem da fauna e flora do parque botânico, bem como um material pedagógico para ser utilizado como ferramenta educacional.

Ângela destaca a importância do projeto encampado pelo Departamento Nacional do Senai. “Percebemos uma possibilidade de contribuir com nossa comunidade no processo de aprendizagem da fauna e flora do Parque Botânico utilizando uma ferramenta tecnológica que todos podem acessar.

Assessoria de Comunicação Social do Sistema Fiero

 

 

 

 

 


Mais notícias

SENAI prorroga inscrições para curso de eletricista

Encontro Integrado de Mercado da FIERO consolida a excelência dos serviços

Membros do Conselho Nacional do SESI visitam unidades de Rondônia

Alunos do SESI Lagoa participam do Nasa Space Apps Challenge 2019, na capital