Usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação em nosso site. Ao navegar, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Aviso de Privacidade e nossa Política de Privacidade. Se você concorda, clique em ACEITO.

IMPRENSA
16 de August de 2022 - 16h13

A- A A+

Conheça a SARA, assistente virtual da FIERO, SESI, SENAI e IEL

Aderindo às tendências de comunicação mais ágil e eficiência, A Federação das Indústrias do Estado de Rondônia (FIERO) e seus braços operacionais, SESI, SENAI e IEL disponibilizarão atendimentos via assistente virtual através do canal do Whatsapp. A SARA será a responsável pelos atendimentos via chatbot, e com ela espera-se potencializar novos negócios e oportunidades no mercado com as indústrias e pessoas físicas.

 

Estudada pela equipe da coordenação de Relações com Mercado da instituição, a SARA realizará atendimentos automatizados por meio do WhatsApp. De acordo com a coordenadora Juliana Mascarenhas, quando um chatbot se apresenta ele ganha vida para o usuário. A escolha de um nome feminino também foi levada em consideração. “Fizemos uma pesquisa e verificamos que as pessoas preferem ser atendidas por mulheres. Daí, nasceu a SARA”, explicou Juliana.

 

O canal via WhatsApp foi eleito para abrigar o chatbot da instituição, pois atualmente é a rede social mais utilizada no Brasil, com mais de 165 milhões de usuários, de acordo com o último Relatório de Visão Geral Global Digital 2022 publicado em parceria com a We Are Social (agência criativa especializada em redes sociais) e Hootsuite, (plataforma de gestão de redes sociais).

 

A coordenadora de Relações com o Mercado enfatizou que a SARA veio para revolucionar a forma de criar oportunidades e realizar o relacionamento instantâneo para as marcas FIERO, SESI, SENAI e IEL em Rondônia. “Podemos citar um exemplo. Quem mandar mensagem procurando cursos no SENAI, vai receber todas informações, sendo possível realizar sua pré-matrícula pelo WhatsApp, sem a necessidade de atendimento humano”, ressaltou

 

“Ainda sobre os atendimentos virtuais, é possível receber informações de consultas médicas na clínica do SESI, e para quem procura por estágios no IEL também terá sua demanda respondida pela SARA”, acrescentou Juliana.

 

Conforme a coordenação de Relações com o Mercado, todo o processo da conversa via assistente virtual, é pautada na legalidade da Lei nº 13.709/2018 que trata da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD). “Assim que o usuário acessa a SARA, imediatamente vem a pergunta se ele aceita as condições legais, e ao aceitar, a conversa passa para a nova etapa, que é a indicação da casa que ele necessita informações”, afirmou.

 

Como a implantação do atendimento via chatbot está em fase inicial, ele ainda passará por diversas mudanças de adequação de acordo com as respostas dos clientes. “Isso vai alimentar nosso banco de perguntas, aumentando a quantidade de respostas agilizando assim, todos os atendimentos por essa ferramenta”, ponderou Juliana Mascarenhas.


Mais notícias

Parceria entre Instituto Amazônia+21 e Energisa reafirma compromisso com a descarbonização

Noite festiva marca outorga dos prêmios Professor Samuel Benchimol e Banco da Amazônia

Indústria da construção registra queda no ritmo de crescimento em outubro

Brasil está engajado no esforço global pela descarbonização da economia