IMPRENSA
22 de March de 2023 - 11h52

A- A A+

Unidade SENAI de Ariquemes inicia nova turma de operador de drone em parceria com Sicoob

Com a participação de mais de 60 alunos e carga horária de 60 horas, a unidade SENAI de Ariquemes inicia novos voos com a nova turma do curso de Operador de Drones, ministrado pelo instrutor Gilson Guedes e realizado em parceria com o Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob).

O curso é direcionado à comunidade em geral e aos cooperados do Sicoob Centro. O curso apresenta os fundamentos essenciais à pilotagem de drones, apresentando suas especificações técnicas, procedimentos de pilotagem e a legislação vigente para a operação dos equipamentos, bem como a captação e edição de imagens.

Além de Ariquemes, o curso de drone é ministrado em mais quatro unidades: SESI-SENAI Lagoa, de Porto Velho e as localizadas nos municípios de Cacoal, Vilhena e Ji-Paraná.

Guedes ressaltou que o SENAI está sempre atento às inovações e novas tendências do mercado. “Inúmeros setores estão utilizando a tecnologia do drone e por isso aumenta a procura de profissionais qualificados para pilotar estas máquinas, que alcançam cada vez maiores alturas e podem chegar em locais perigosos onde uma pessoa não pode ir. Também chama a atenção a qualidade das imagens que podem ser feitas com o uso do equipamento”, explicou.

Para a gerente Angela Cristina Candelório Bim, o curso superou as expectativas e tem sido um sucesso. “Para incentivar nossos alunos, buscamos sempre um diferencial, por exemplo, trazemos um especialista na área, um profissional que atua com drones para mostrar o tamanho do nicho de mercado que temos hoje e cuja tendência é aumentar ainda mais nos próximos anos”.

"Operador de drones é uma das demandas portadoras do futuro". A afirmação é do gerente de Educação Básica e Profissional do SESI-SENAI-IEL-RO, Jair Coelho. “Digo isso porque a atividade ganha cada vez mais relevância no mercado e a demanda para profissionais qualificados é crescente. Além do aumento da produtividade, o uso do equipamento reduz os riscos de acidentes de trabalho, especialmente os fatais —  grande vantagem do uso de drones nas empresas. Esse fato é explicado pela diminuição da exposição dos seres humanos a locais altos, insalubres ou perigosos”, enumerou.

Coelho lembrou ainda que as indústrias apostam em drones para impulsionar produtividade e o uso dessa tecnologia está cada vez mais difundido e tem se tornado peça fundamental para aumentar a competitividade.  “Nos últimos anos, o desenvolvimento tecnológico contribuiu para a adoção do equipamento. Como cada aparelho tem características distintas, ele pode exercer diversas funções, com objetivos variados. O SENAI de Rondônia está contribuindo decisivamente para a exploração profissional desse recurso tecnológico”

 “Muitos setores já usam a tecnologia a seu favor. Por exemplo, construtoras podem usar drones para fiscalizar o andamento e a qualidade das obras, já que a máquina alcança lugares perigosos ou que uma pessoa não consegue ir facilmente. Até mesmo a polícia o utiliza para identificar tumultos e confusões em locais com grande quantidade de pessoas”, finaliza.

Drones

Desde que aterrissaram no Brasil em 2013, os drones provaram ser um equipamento capaz de atuar em várias frentes: segurança, agricultura, indústria, fotografia e cinema. Até julho de 2018, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) já tinha cadastrado 46.058 pessoas habilitadas para pilotar drones no país. De lá para cá esse número aumentou consideravelmente. O SENAI está proativo nessa tendência do mercado e tem alcançado excelentes resultados fechando turmas para o curso de operador de drone. 

 


Mais notícias

Inscrições para cursos gratuitos do SENAI-RO encerram dia 20

SENAI-RO forma profissionais na área de panificação e confeitaria

Linhas de crédito da FINEP são apresentadas na FIERO

Gerentes e coordenadores do SENAI-RO participam de workshop Movimentos da Cultura Digital