Usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação em nosso site. Ao navegar, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Aviso de Privacidade e nossa Política de Privacidade. Se você concorda, clique em ACEITO.

IMPRENSA
09 de September de 2022 - 10h59

A- A A+

Alunos do SESI-SENAI Lagoa usam a criatividade para releitura de obras de artista plástico

Sob a supervisão da professora Priscila Freitas, alunos do quarto ano da unidade SESI-SENAI Lagoa de Porto Velho, realizaram uma exposição feita com releituras de obras do artista plástico Luciano Martins, cujo trabalho foi apresentado em mais de cem exposições no Brasil, Itália, França, Portugal, EUA e Argentina.

Martins iniciou sua carreira criativa na publicidade em 1986, em Porto Alegre, onde ganhou mais de 200 prêmios nacionais e internacionais. Mas encontrou seu verdadeiro lugar de destaque no campo das artes. Com traços lúdicos, cores vibrantes e temas otimistas Luciano Martins desponta como um dos nomes mais importantes da sua geração.

Com as artes plásticas e visuais, afirma a professora Priscila, os estudantes são estimulados a praticar as habilidades de observação, senso crítico, criatividade, imaginação e de entendimento do mundo à sua volta. Essas capacidades aumentadas também favorecem o desenvolvimento cognitivo como um todo.

De acordo com Priscila, “a noite foi marcada por uma exposição de telas do artista, as quais apresentam um misto de cores vibrantes e formas que as crianças estudaram em aulas anteriores, como por exemplo, releituras de Pinocchio e do Pequeno Príncipe”, disse.

Ainda conforme a professora, os estudantes e familiares desfrutaram de uma noite cultural. “Os pequenos artistas expressaram através de desenhos o que aprenderam em sala. Durante a exposição, os alunos fizeram leituras de cordéis de poetas nortistas que de uma forma rica utilizam rimas para contar a história de um povo brasileiro”, explicou.

A coordenadora de Educação, Juliane Loubach lembra que “somos seres relacionáveis, por isso a arte se tornou uma grande ferramenta de comunicação para expor sentimentos, pensamentos, anseios e preocupações. Com a arte a cultura se constrói, elas estão completamente interligadas”.

No ponto de vista da gerente da unidade SESI-SENAI-IEL Lagoa, Fabiana Amaral, na Arte, “o exercício da releitura é de grande valor como atividade com objetivo de despertar a criatividade do estudante e também incentivar à apreciação e conhecimento das artes plásticas. A releitura não deve ser confundida com uma cópia e também, neste contexto, podemos chamar de homenagem”.

Segundo a pedagoga Tatiana Botelho, atividades como esta trazem muito significado ao aprendizado dos alunos, ao tempo em que os aproxima da arte em sua essência. "Principalmente por se tratar da escolha de um artista brasileiro, cuja inspiração para criar faz parte do interesse infantil por suas cores e formas". Tatiana parabenizou a iniciativa da professora Priscila Freitas que através do projeto, proporcionou aos alunos rica experiência cultural.  


Mais notícias

Roda de conversa na FIERO fala sobre prevenção do câncer de mama

SESI e SENAI apresentam portfólio em evento da Base Aérea

SESI-SENAI de Ji-Paraná e Jaru realiza live sobre os cuidados com a saúde mental

SESI Saúde de Ji-Paraná participa da 8ª SIPAT da empresa Bernardo Alimentos