IMPRENSA
21 de dezembro de 2017 - 16h24

A- A A+

Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ-RO) adere Movimento

A Federação das Indústrias do Estado de Rondônia (Fiero) lidera o Movimento Rondônia pela Educação, que consiste união do poder público, iniciativa privada e sociedade civil na realização de ações que promovam a melhoria da educação em Rondônia. Na busca de parceiros para somar aos projetos, a coordenadora estadual do Movimento Rondônia pela Educação, Raquel Serbino, apresentou ao presidente do Tribunal de Justiça de Rondônia, Sansão Saldanha, as propostas de trabalho do Movimento.

Raquel Serbino ponderou que a situação dentro das escolas hoje está muito difícil. “Tendo em vista todos esses agravantes que ocorrem no ambiente escolar como evasão, reprovação, violência e baixa qualidade dos índices educacionais no Estado, a Fiero vem com a proposta incentivar as boas práticas, reunindo os diversos movimentos existentes na busca de melhorar a qualidade da educação. Nós precisamos juntar estes trabalhos para ajudarmos a escola, pois percebemos que a escola sozinha não está conseguindo ultrapassar estas barreiras”.

A coordenadora do Movimento enfatiza que muitos problemas recorrentes nas escolas acabam na mesa dos juízes. “Muitos conflitos que deveriam ser resolvidos dentro da própria escola acabam nos tribunais. Nós queremos resgatar o valor da escola, seu real proposito. Precisamos de uma mediação forte de conflitos nas unidades educacionais, por isso temos que aumentar a conversa sobre educação”, disse.

O presidente do TJ-RO, Sanção Saldanha parabenizou a iniciativa da Fiero. “Este é um projeto maravilhoso. Eu entendo que devemos voltar nossa atenção para os problemas na área da educação e coloco o Tribunal de Justiça de Rondônia, bem como a nossa Escola da Magistratura, dentro de nossas possibilidades para agregar ações ao Movimento Rondônia pela Educação”, pontuou.

Saldanha salientou que a educação em Rondônia necessita de movimentos que resgatem o papel da escola como formadora de cidadãos críticos e capazes de exercer seu papel na sociedade. “Estamos vivendo de certa forma uma inversão de valores. É preciso resgatar o sentido de escola, como ambiente de ensino-aprendizagem, produção de saberes”.

Depois da apresentação das metas do Movimento Rondônia pela Educação, o presidente do TJ-RO, Sanção Saldanha, assinou o Termo de Adesão, onde declara que o Poder Judiciário de Rondônia está disposto a apoiar as ações educacionais do Movimento que visam alavancar a qualidade da educação no Estado.

Assessoria de Comunicação do Sistema Fiero


Mais notícias

Bioeconomia é uma das agendas prioritárias da biodiversidade brasileira, diz Marcelo Thomé

Mais da metade da indústria está com dificuldade para atender sua demanda, afirma CNI

Indústria pode ser protagonista da bioeconomia no Brasil, diz presidente da CNI

Pavimentação asfáltica garante qualidade e segurança à comunidade escolar do SESI-SENAI-IEL de Cacoal