IMPRENSA
15 de agosto de 2019 - 09h12

A- A A+

Atletas rondonienses palestram para alunos da 1ª série do Novo Ensino Médio da escola Sesi-Senai-IEL Pimenta Bueno


 

A palestra ‘Futebol é coisa de mulher - Linguagens e suas tecnologias - Futebol e Política’ fechou o ciclo de atividades na disciplina de Linguagens e suas tecnologias referentes ao tema, incluindo debates entre gêneros com provocações e defesas de ideias, produção de texto, análise de filme sobre o tema futebol e política e por fim, uma palestra com atletas profissionais que atuam no cenário nacional.

 

Os alunos da 1ª Série do Novo Ensino Médio da escola Sesi-Senai-IEL de Pimenta Bueno, através desta iniciativa, conheceram as histórias e a carreira das atletas do Porto Velho Esporte Clube e profissionais em Educação Física Angelina Pereira de Araújo e Isabel Pereira de Souza, atuantes em competições nacionais que falaram sobre do preconceito de gênero nesta modalidade e tendo como análise os aspectos socioculturais da Região Norte.

 

De acordo com o professor Educação Física, Juliano Cesar Pereira Carneiro, os depoimentos das talentosas atletas do interior de Rondônia, que são apaixonadas pelo esporte, apontaram todas as dificuldades, mas demonstraram otimismo por mudanças, em especial na valorização da mulher no futebol, afirmando “ainda mais que futebol é coisa de mulher também”, disse.  

 

Segundo a coordenadora Renata Christyna os professores da disciplina de Linguagens e suas tecnologias, através das atividades e discussões referentes ao tema futebol e política proposto no material didático, atingiram o objetivo proposto, indo além da sala da aula. “A presença das atletas é resultado desta ação, e os alunos ganharam conhecimento, experiência de vida através dos depoimentos das atletas profissionais, e constataram o quanto é difícil ser atleta em Rondônia e na região Norte, mas elas sempre motivadas a não desistirem”, pontua.      

 

O aluno Gabriel Felizardo ressaltou que a palestra foi incrível. “As atletas mostram vídeos com depoimentos de pessoas que vivem deste esporte, e contaram suas histórias, as dificuldades e o sucesso. Mostraram que o esporte feminino em si é desvalorizado. Fico feliz pela oportunidade de conhecê-las e assistir a palestra, que foi tão importante para ter o conhecimento, em especial ver pelo o que as mulheres passam ao praticar o esporte e que me ajudou a formar uma opinião sobre esse assunto. Agradeço aos professores Juliano, Gisele e Clauton por esta oportunidade”, finaliza.

 

“Foi muito boa à palestra, falaram sobre as dificuldades, como elas enfrentam isto, como a sociedade aceita e vê”, destacou a Aluna Isabelly Larissa dos Santos. “Expressaram também o reconhecimento que às mulheres estão tendo no esporte atualmente, mas deixaram claro que isso poderia melhorar na forma de salário e espaço na mídia, tendo como exemplo a diferença salarial entre os atletas masculinos e femininos”.

 

A gerente da escola Sesi-Senai-IEL Pimenta Bueno, Rosiani Marli Módolo lembra que o Sesi implantou em 2019 a 1ª turma do Novo Ensino Médio com uma proposta diferenciada na metodologia das aulas, as atividades aplicadas aos alunos são focadas no desenvolvimento de competências e habilidades necessárias para o estudante ampliar as possiblidades no mercado de trabalho.

 

Rosiani lembra que a palestra fez parte de uma estratégia de ensino e aprendizagem através da proposta do Livro didático: Futebol e Política. Em especial o olhar para o futebol feminino neste cenário. “Agradeço e parabenizo a coordenadora Renata Christyna Gaede de Lima e os professores Juliano Cesar Pereira Carneiro (Educação Física/Linguagens e suas tecnologias); Gisele Stadi Sinfronio (Língua Inglesa/Linguagens e suas tecnologias) e Clauton de Saulo Maciel de Souza (Língua Portuguesa/Linguagens e suas tecnologias) pelo empenho na realização desta importante atividade”.

 

Assessoria de Comunicação Social do Sistema Fiero

 


Mais notícias

Hackathon SESI Health Tetch supera expectativas

SESI Lagoa promove aulão do Enem

Promoção de Saúde Bucal na Indústria é o desafio para os participantes do Hackathon SESI health tech 2019

Hackathon SESI health tech 2019 tem como desafio a promoção de Saúde Bucal na Indústria