IMPRENSA
17 de December de 2021 - 10h24

A- A A+

Confiança do empresário subiu em 23 de 29 setores da indústria

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) – Resultados Setoriais mostrou avanço. É a primeira vez desde agosto que a maior parte dos setores industriais registra avanço da confiança

 

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) –Resultados Setoriais, da Confederação Nacional da Indústria (CNI), avançou em 23 dos 29 setores da indústria analisados em dezembro em relação a novembro de 2021. É a primeira vez desde agosto que a maior parte dos setores industriais registra avanço da confiança.


O único setor industrial que registrava falta de confiança em novembro, Produtos de limpeza, perfumaria e higiene pessoal, voltou a ficar confiante em dezembro. Dessa forma, todos os 29 setores industriais analisados em dezembro estão confiantes.


A confiança avançou principalmente nos setores: Bebidas (+7 pontos), Manutenção, reparação e instalação de máquinas e equipamentos (+5,9 pontos) e Extração de minerais não metálicos (+5 pontos). Já as maiores quedas de confiança ocorreram nos setores: Produtos de madeira (-4,2 pontos), Calçados e suas partes (-1,1 ponto), Obras de infraestrutura (-0,5 ponto) e Produtos de minerais não metálicos (-0,5 ponto).


O dado positivo apontado pelo ICEI tem mais relação com as expectativas para os próximos seis meses do que com o momento vivido pelo empresário. O indicador de Condições Atuais da Economia Brasileira ficou abaixo de 50 pontos em 25 dos 29 setores pesquisados. O índice varia de 0 a 100, sendo que todos os dados abaixo de 50 pontos indicam percepção de piora da condição atual da economia brasileira na comparação com os últimos seis meses e acima de 50 pontos, percepção de melhora.


Mais notícias

Emprego, faturamento e renda na indústria avançam em novembro, aponta CNI

SENAI alerta para matrículas nos cursos gratuitos

FIERO promove nova rodada de testagem para Covid em seus colaboradores

Indústria inicia 2022 menos confiante