Usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação em nosso site. Ao navegar, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Aviso de Privacidade e nossa Política de Privacidade. Se você concorda, clique em ACEITO.

IMPRENSA
23 de November de 2022 - 15h17

A- A A+

Noite festiva marca outorga dos prêmios Professor Samuel Benchimol e Banco da Amazônia

A solenidade de outorga dos prêmios Professor Samuel Benchimol e Banco da Amazônia de Empreendedorismo Consciente, realizada nesta terça-feira, 22, que neste ano foi promovida pela Federação das Indústrias do Estado de Rondônia (FIERO). O evento comemorou os 18 anos da premiação, ocorreu nas dependências da Associação dos Magistrados de Rondônia (AMERON), e contou com a participação dos agraciados e homenageados.


Na abertura, o anfitrião, Marcelo Thomé, presidente da FIERO, agradeceu a confiança depositada na instituição para a realização desta edição do evento. “Não se trata apenas de uma solenidade de entrega de premiações. Mais do que isto, representa o compromisso de pessoas com o futuro da nossa Amazônia, que possui a maior biodiversidade do mundo. São pessoas que se empenham em buscar e implementar soluções inovadoras que impulsionem o desenvolvimento das nossas riquezas, as quais se traduzirão em melhoria das condições de vida dos 30 milhões de habitantes que residem na região”, afirmou.


Em seu discurso, Marcelo Thomé discorreu sobre a importância da elaboração dos cadernos setoriais, desenvolvidos pela Prefeitura Municipal, por meio da Agência de Desenvolvimento de Porto Velho (ADPVH). “Os documentos apresentam o que é preciso fazer para construir uma agenda coletiva de inovação e sustentabilidade, identificando oportunidades de forma a atrair investimentos para Porto Velho e Rondônia”, assegurou


Lideranças empresariais da Amazônia Legal como os presidentes da FIEAM, Antônio Carlos da Silva, que representou o presidente da CNI, Robson Andrade; da FIEPA, José Conrado Santos; FIEMT, Gustavo Oliveira; da FIEAP, Frank Almeida; da FIETO, Roberto Pires; o vice-presidente da FIEC, João Paulo de Assis Pereira; bem como o presidente do Banco da Amazônia, Valdecir Tose, executivos da Santo Antônio Energia, Daniel Faria Costa e Dimas Maintinguer e de Jirau Energia, da Jirau Energia, Julio Freitas, Energisa, André Teobald, participaram da solenidade. Nora Benchimol Minev e seu esposo, Ilko Minev, representaram a família Benchimol.


Um dos homenageados, o empresário Adélio Barofaldi, enfatizou que dedica seu trabalho em atividades industriais em Rondônia, há 35 anos. “Aproveitamos sempre os ciclos econômicos no Estado, e neste momento, canalizamos nossas atividades respeitando os valores sociais e ambientais. Trabalhamos com a sustentabilidade. Me sinto honrado com a homenagem e faço questão de estender esse reconhecimento ao nosso grupo de colaboradores pela dedicação empenhada”, ressalvou.


HOMENAGENS


Um dos momentos marcantes da solenidade foi durante as homenagens. A Loja Bemol foi condecorada pelos seus 80 anos, assim como o Banco da Amazônia (BASA), que também completou oito décadas de atuação. A Rede Amazônica, que celebra neste ano 50 anos de fundação, também foi homenageada.

 

PRÓXIMA EDIÇÃO NO AMAZONAS


Em 2023, a capital do Amazonas, Manaus, sediará a 19ª edição de outorga dos prêmios. “Parabenizo a FIERO e o presidente Marcelo Thomé pelo sucesso em entregar uma solenidade dessa grandeza, bem como o professor José Rincón, curador do prêmio pela sua dedicação para que o evento seja o sucesso que é, e que já faz parte do calendário das Federações da Região Norte”, comentou o presidente da Federação das Indústrias do Amazonas (FIEAM), Antônio Carlos da Silva. 

O curador dos prêmios, professor José Rincón, avaliou positivamente a realização desta edição. “A FIERO realizou com maestria o evento em que lembramos os 20 anos de falecimento de Samuel Benchimol, e os 18 anos de realização do prêmio. Aproveito para parabenizar os agraciados pela construção de projetos importantes para a região amazônica”, sintetizou Rincón.

 

AGRACIADOS

 

Categoria: Projetos de Desenvolvimento Sustentável na Região Amazônica

 

Agraciado: Gilberto Hirokazu Nobumasa (Pará)

Título do Projeto – Extração e beneficiamento de óleos e manteigas amazônicas como fortalecimento de rede na comunidade do Acará.

 

Agraciado – Luadir Gasparotto (Amazonas)

Título do Projeto – Alternativas para o controle da sigatoka-negra da bananeira na Amazônia

 

Agraciada – Cláudia Guerra Monteiro (Amazonas)

Título do Projeto – Biofemme da Amazônia: o absorvente sustentável para mulheres em situação de vulnerabilidade

 

Categoria: Iniciativa de Desenvolvimento Local

 

Candidato – Renilto Frota Correa (Amazonas)

Título do Projeto – Cultivar algas na Amazônia: garantia de fonte protéica para o futuro

 

Candidato – Jaqueline de Araújo Bezerra (Amazonas)

Título do Projeto – Semeando florestas comestíveis com ARP em áreas degradadas: uma proposta inovadora para o bioma amazônico.

 

Candidato – Enoque Raposo (Roraima)

Título do Projeto – Turismo de base comunitária: uso sustentável do espaço e manutenção das tradições na Raposa –RR

 

Categoria: Empresa na Amazônia

Agraciado – Hidrelétrica de Santo Antônio, na Amazônia (Rondônia)

 

Categoria: Personalidades dedicadas ao Desenvolvimento Sustentável da Região Amazônica

Agraciado – Adelio Barofaldi (Rondônia)

 

 

Categoria: Micro empreendimento na Amazônia (Prêmio Florescer) – Urbano

Agraciado – Ebenezer Cosméticos (Pará)

 

Categoria: Micro empreendimento na Amazônia (Prêmio Florescer) – Rural

Agraciado – Sítio Deus Proverá (Pará)


Mais notícias

Parceria entre Instituto Amazônia+21 e Energisa reafirma compromisso com a descarbonização

Indústria da construção registra queda no ritmo de crescimento em outubro

Brasil está engajado no esforço global pela descarbonização da economia

SENAI-RO disponibiliza cursos gratuitos para a comunidade