IMPRENSA
21 de dezembro de 2017 - 16h23

A- A A+

Programa de Intercâmbio inicia atividades em Cacoal

O Serviço Social da Indústria (Sesi-RO) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-RO) iniciaram as atividades da primeira etapa do Programa Conexão Mundo. A aula inaugural foi realizada em 5 de maio e reuniu participantes da edição 2016 e jovens que já passaram pelo programa em 2015. Neste ano, serão contemplados 48 alunos do EBEP (Educação Básica/Educação Profissional) do Sesi-RO e Senai-RO de Cacoal.

Na ocasião, o estudante Matheus Carckeno, selecionado para a viagem de imersão na edição 2015, contou um pouco da experiência de participar do Conexão Mundo. “Participar deste programa é uma chance única. A vivência que tivemos durante o Conexão contribuiu para o nosso amadurecimento. A fase presencial é excepcional e deve ser bem aproveitada. O aprendizado neste período é intenso. Desejo boa sorte aos novos participantes”, relatou. 

Gabriel Alves, 14 anos, cursa o 1º ano do Ensino Médio e integra a equipe da edição 2016 do Conexão. Para ele, as expectativas em relação ao curso de idiomas, é grande. “Mesmo não sendo selecionado para a viagem de imersão, tenho certeza de que será uma experiência incrível. Adoro inglês e quero aprender mais o idioma. Estou ansioso para conhecer os coaches e interagir com eles”, falou.

A estudante Gabriela Teixeira, 14 anos, enfatizou que quer muito aprender inglês. “Tenho muitas expectativas em relação ao Conexão Mundo, especialmente porque quero estudar engenharia mecatrônica e este aprendizado me ajudará muito a realizar meu sonho, já que o conteúdo da graduação exige muito conhecimento em inglês”, disse.

Nesta primeira etapa, o contato dos estudantes brasileiros com os monitores americanos acontece via redes sociais. Os estudantes aprendem a desenvolver as atividades online e têm as primeiras conversações online. A previsão é que a etapa presencial ocorra entre junho e julho, período de férias dos estudantes brasileiros.

 

HISTÓRICO - O Conexão Mundo foi criado em 2012. No primeiro ano, atendeu 200 estudantes de Salvador (BA). Em 2013, o programa foi estendido para 800 participantes de sete cidades: Belo Horizonte (MG), Joinville (SC), Macaé (RJ), Maceió (AL), Recife (PE), Porto Velho (RO) e Salvador (BA). Desses 800 estudantes, 700 eram de escolas do Sesi/Senai e outros 100 de escolas públicas, mas que cursavam cursos técnicos do Senai via Pronatec. Em 2014, um convênio firmado entre a CNI e o US-Brazil Connect ampliou o número de vagas do programa para um total de 2 mil. Cada estado possui uma página no Facebook para divulgar o andamento do programa. A página do Conexão Mundo Rondônia (www.facebook.com.br/conexaomundorondonia) é a que possui mais curtidas no Brasil.

Assessoria de Comunicação Social do Sistema Fiero


Mais notícias

Bioeconomia é uma das agendas prioritárias da biodiversidade brasileira, diz Marcelo Thomé

Mais da metade da indústria está com dificuldade para atender sua demanda, afirma CNI

Indústria pode ser protagonista da bioeconomia no Brasil, diz presidente da CNI

Pavimentação asfáltica garante qualidade e segurança à comunidade escolar do SESI-SENAI-IEL de Cacoal